VII Encontro Diocesano de Comunidades é realizado em Macaé

Diocese de Nova Friburgo, 02 de junho de 2022
Acessos: 477


A Paróquia São Paulo Apóstolo, situada em Macaé, no Vicariato Litoral, acolheu a VII edição do Encontro Diocesano de Comunidades. O evento aconteceu em 28 de maio, das 8h às 17h, marcando a retomada de mais esse encontro diocesano, após dois anos sem sua realização, devido ao período mais crítico da pandemia de Covid-19.

Realizado no Colégio Estadual Télio Barreto, o Encontro Diocesano de Comunidades contou com 210 participantes, vindos dos três Vicariatos Episcopais. Na programação: Ofício Divino, com orações e cantos; palestra: Igreja Sinodal - comunhão, participação e missão, proferida por Celso Carias; Oficinas temáticas: Conselho Nacional de Leigos do Brasil, Liturgia, Catequese, Pastorais Sociais, Juventude e Missão, Ecologia integral, Igreja Sinodal, Fé e Política, Pastoral da Escuta, Campanha da Fraternidade e Círculos bíblicos. Houve ainda partilha das reflexões feitas nas oficinas

 

Dom Luiz Antonio Lopes Ricci esteve presente ao longo do encontro e presidiu a Santa Missa, ladeado pelo Pe. Gleison Lima, Vigário Episcopal do Litoral; Pe. Mauro Nunes, Vice-Coordenador de Pastoral da Diocese e Assessor Eclesiástico da Comissão das Pastorais Sociais; Pe. Marcelo Talon, Pároco da comunidade anfitriã; Pe. Manuel Monroy, Pároco da Paróquia São José Operário, em Macaé, e o Diác. Elias Olimpio Savino.

“Como já dizia Santo Agostinho: para vocês eu sou Bispo, com vocês sou irmão na fé. Que bom estar aqui com vocês hoje para escutar, para ver irmãos e irmãs motivados, animados no serviço evangelizador da Igreja. cada um a seu modo, com seus dons se coloca a serviço da obra evangelizadora da Igreja, da missão que jesus nos confiou”, afirmou o Bispo Diocesano.

“É motivo de alegria estarmos aqui neste último sábado do mês. Estamos ainda no Mês Mariano Diocesano. Fizemos vários eventos neste mês, poque completamos ontem (27/5) 60 anos de consagração da diocese à Imaculada Conceição... Que bom ter u8ma diocese consagrada a Nossa Senhora”, enfatizou Dom Luiz Antonio.

O Bispo fez uma retrospectiva das atividades diocesanas realizadas ao longo do Mês Mariano Diocesano, destacando que também o Encontro Diocesano de Comunidades foi realizado neste tempo de graça. “Estamos encerrando o nosso Mês Mariano Diocesano com chave ouro, um encontro como esse tão profundo de conteúdo. É um encontro formativo, de convivência, de partilha e de revigoramento. Vamos sair daqui revigorados”, disse.

Antes de encerrar, Dom Luiz Antonio ressaltou que “estamos no Tempo Pascal, que daqui a pouco termina, mas a alegria não pode terminar! Vamos encerrar o Tempo Pascal no Domingo de Pentecostes, mas a alegria do tempo Pascal deve ser permanente. Precisamos ser no mundo um sinal de paz, de luz, de vida”.

Além dos presbíteros já mencionados, estiveram presentes no evento o Pe. Luiz Carlos Pedrini e o Pe. Marcelo Campos, assim como outros Diáconos Permanentes.  “Foi um momento de comunhão, alegria e compromisso com uma Igreja em Saída. A avaliação dos participantes foi altamente positiva”, comentou a Coordenadora Diocesana da Comissão das Pastorais Sociais, Ivania Ribeiro, que participou do evento.

 

Antes de finalizar o encontro também houve a Coroação de Nossa Senhora, marcando a proximidade da conclusão do Mês Mariano Diocesano.

Texto:Grasiele Guimarães e Ivania Ribeiro
Foto:Paróquia São Paulo Apóstolo (Macaé)

 


Compartilhe