Bispo preside Missa pelo 7º dia de falecimento do Pe. João Machado Evangelho

Diocese de Nova Friburgo, 09 de novembro de 2021
Acessos: 181


Em 29 de outubro, ao retornar da Romaria Diocesana ao Santuário Nacional de Aparecida, situado no interior do estado de São Paulo, o Clero da Diocese mudou um pouco a sua rota e dirigiu-se para o município de Rio das Ostras, onde aconteceria a Missa pelo 7º dia de falecimento do Pe. João Machado Evangelho. A cerimônia foi realizada na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Rio das Ostras, e foi presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Luiz Antonio Lopes Ricci.

 

A celebração contou com a presença de presbíteros, diáconos, seminaristas, familiares e paroquianos de Nossa Senhora da Conceição, última comunidade a ser pastoreada pelo Pe. João Evangelho. A Missa também foi transmitida pelas redes sociais da paróquia e retransmitida pelas redes sociais da Diocese de Nova Friburgo (Facebook).

Pe. João Machado Evangelho fez sua Páscoa no dia 23 de outubro, um sábado, após complicações em decorrência da Covid-19. Ele estava internado desde o dia 11 de outubro, em Macaé. Em setembro havia completado 45 anos de sacerdócio, sendo o presbítero com mais tempo de ministério na diocese.

- Estamos aqui para agradecer a Deus pela vida do Pe. João, por sua vocação, a vocação de ser padre, pastor, educador, formador... São tantos dons que Deus concedeu ao nosso padre. Por isso, a nossa primeira palavra é de gratidão! Gratidão também por Deus nos conceder o privilégio de conviver com o Pe. João. Essa foi a última paróquia dele... Muitos padres aqui foram alunos do Pe. João, ele foi o formador deles no seminário. Temos que, em primeiro lugar, agradecer, apesar da dor e da saudade – disse o Bispo durante a homilia.

 

O Bispo Emérito da Diocese de Nova Friburgo, Dom Edney Gouvêa Mattoso, também esteve presente na celebração e manifestou o seu pesar e solidariedade. O Epíscopo recordou todo o empenho pastoral e dedicação do Pe. João Evangelho ao longo dos anos na Diocese, e disse. “Quis a providência que ele terminasse os seus dias aqui nesta paróquia, que era, sem dúvida, a menina dos seus olhos”.

Antes do término da Santa Missa, Pe. Manuel Monroy, grande amigo do Pe. João Evangelho, também expressou algumas palavras, em nome dos presbíteros da diocese

Texto:Grasiele Guimarães
Foto:Grasiele Guimarães (foto do Pe. João Evangelho/arquivo diocese) e Pascom da Paróquia Nossa Senhora da Conceição (Rio das Ostras)

 


Compartilhe