O Brasão

Brasão Seminário Diocesano

Imaculada Conceição

A cor vermelha, na heráldica cristã, evoca a Encarnação de Jesus Cristo. Com ela, Deus assume nossa condição humana no seio da Viagem Maria para cumprir o plano divino de redenção do mundo. Os sacerdotes, por sua vez, participam, hoje, da mesma obra de salvação da humanidade no exercício dos múnus sacerdotais.

No centro do brasão, encontramos o símbolo de uma tesoura arquitetônica, que, na construção civil, corresponde a base em madeira, em forma de triângulo, usadas para os telhados de casas e construções em geral. Esta imagem, na heráldica, corresponde a São José, que é o patrono de todos os seminários, casas de formação dos futuros sacerdotes da Igreja Católica. São José é protetor e provedor das necessidades da Sagrada Família de Nazaré. Portanto, assim como a tesoura arquitetônica protege as construções, sendo suporte para seus telhados, assim também São José é protetor de nossa casa, como um dia foi da Sagrada Família.

Além do já dito, o primeiro versículo do Salmo 127 exprime a própria proteção e Providência de Deus para conosco, salientando a nossa dependência frente a seus cuidados paternais: "Se o Senhor não edificar a nossa casa, em vão trabalharão seus construtores." Abaixo, visualizamos a cor azul-marinho que, na heráldica cristã, sinaliza a Imaculada Conceição de Maria. A Imaculada Conceição é padroeira de nossa casa e a ela foi dedicada no dia 12 de setembro de 2006.

Brasão Seminário Diocesano

Imaculada Conceição

No centro do brasão, encontramos a flor de lis em dourado. Este elemento também está ligado à Virgem Maria, grande senhora das vocações sacerdotais.

No mote, abaixo do brasão, encontramos a passagem de Provérbios 9,1 em latim: "Sapientia aedificavit subi domum", que significa "A sabedoria ergueu para si uma casa." Escolhido por Dom Edney, este lema quer enunciar a busca necessária da sabedoria enquanto um dos dons do Espírito Santo, que nos ensina e nos faz amar a Deus e aos irmãos com perfeição, e também a formação intelectual dos seminaristas, parte importantíssima na preparação para o futuro exercício do sacerdócio ministerial..

Acima, encontramos o símbolo do cuidado, do pastoreio e da responsabilidade do Bispo Diocesano sob a casa de formação. É ele o primeiro formador e provedor da formação sacerdotal de todos os seminaristas..


Compartilhe