Apostolado da Oração da Paróquia de Itaocara celebra Jubileu De Álamo, com a presença do Bispo Diocesano

Diocese de Nova Friburgo, 07 de outubro de 2020
Acessos: 60


Com Missa comemorativa na Igreja Matriz presidida pelo Eminente Bispo Diocesano, Dom Luiz Antonio Lopes Ricci, no dia 3 de outubro, o Apostolado da Oração da Paróquia São José de Leonissa, em Itaocara, celebrou seus noventa anos de fundação, momento altamente significativo, não só para os membros do A.O., mas também por se tratar da primeira vez que Dom Luiz Antonio visitou a Paróquia.

Ao adentrar o templo, com um sorriso largo e muita alegria, com olhar observador e numa simplicidade e humildade sem par, que comoveram a todos, o Bispo elevou as mãos para o alto e exclamou com toda força na voz: “Viva o Sagrado Coração de Jesus”! Sem dúvida, momentos de profunda gratidão e alegria, que ficarão marcados para sempre nas mentes e na história da Paróquia São José de Leonissa.

Dando início à celebração com um caloroso “boa noite”, Dom Luiz Antônio reafirmou a intenção de celebrar o amor de Deus manifestado no Sagrado Coração de Jesus, rendendo graças a Deus pelos 90 anos da presença do A.O. na Paróquia São José de Leonissa, por tudo o que vem sendo vivenciado durante esse tempo, e rezou por todos os que fizeram e fazem parte do A.O.

 

O Prelado agradeceu a calorosa acolhida do Pe. Gilmar e o convite recebido por seu intermédio, bem como ao Pe. João Tadeu Tavares, Diretor Diocesano do A.O. e Assessor no Vicariato Norte. Em seguida, dirigiu uma saudação ao Pe. Diego Fernandes (Paróquia Santa Beatriz, em Portela) e ao Pe. Barttolomeu de Oliveira (Paróquia Nossa Senhora do Livramento-Valão do Barro). Por fim, agradeceu à comunidade pela fraterna acolhida ao Seminarista Felipe, que faz seu estágio pastoral em Itaocara, e “a todos os irmãos ‘de perto’ e aos ‘de longe’” (os participantes da celebração pelas redes sociais).

Focando sua homilia, sobretudo, no sentimento de gratidão, que “deve ser sempre a primeira palavra, seja qual for a situação em que nos encontramos”, Dom Luiz Antonio afirmou que devemos “agradecer pela fé que nos mantém de pé, ainda que seja aos pés da Cruz, como Nossa Senhora”; e porque “a palavra Missa, a Eucaristia significa ação de graças, queremos agradecer a todos os membros do A.O. desta Paróquia, agradecer os frutos desta presença, rezar pelos pioneiros que já se foram, pelos que se encontram adoentados e não puderam comparecer e por Regina, Coordenadora do A.O. local... Como Bispo, agradeço pelo que são e fazem”.

E reafirmou: “Perseverem”! A seguir, fez um convite a todos os que ainda não integram esse grupo: “Os que nos ouvem, sintam-se chamados a fazer parte deste A.O.: rezar pela missão da Igreja, ser no mundo um sinal do amor de Jesus... O Sangrado e Sagrado Coração de Jesus está sempre aberto para acolher a todos, sem distinção... Elevemos a Ele a nossa gratidão e amor. A resposta a tanto amor é amar”!

Prosseguindo, o Epíscopo afirmou.

- Quis o Senhor que comemorássemos os 90 anos do Apostolado da Oração numa primeira sexta-feira do mês, dedicada ao Sagrado Coração de Jesus, e na festa dos Santos Anjos da Guarda.... Cada um de nós é chamado a ser anjo na vida dos irmãos, ser apóstolo de Jesus Cristo! Nossa vocação é o amor, nosso padroeiro é o Sagrado Coração de Jesus, acreditamos no amor de Deus! Ser do A.O. é ser essa presença no mundo, na Igreja, na família, na sociedade. Todos somos chamados a ser um sinal desse amor, cada qual com seu dom, seu jeito de ser neste mundo marcado por tanta dor.

 A seguir, convidou todos à oração pelos que passam por qualquer tipo de sofrimento, reafirmando que nossa força vem de Jesus, em cujo coração cabe todo mundo.

- Quem cura é Jesus, somos apenas um sinal do Seu amor”, disse. Na oportunidade, relembrou que estamos no Mês Missionário. “Somos batizados e enviados... Precisamos rezar, sobretudo pelas famílias que sofrem, seja pela pandemia, seja por tantos outros problemas que assolam o povo não só no Brasil, mas também no mundo... Hoje não podemos abraçar, não podemos tocar, mas tem muita coisa que a gente pode fazer. Mesmo não tendo asas, mesmo sendo pecadores, mesmo não sendo puros espíritos, podemos sempre fazer o bem. É o que faz o Apostolado, é o que deve fazer cada cristão, cada ser humano: procurar ser um anjo, ser um sinal de amor na vida dos outros.  É humano e compreensível um certo cansaço que experimentamos neste cenário de incertezas e dor. Por essa razão, como é bom ouvir “Vinde a mim todos os que estão cansados e carregados de fardos, e eu vos darei descanso” – acrescentou.

 

Concluindo sua fala, conclamou. “Vamos em frente, no olhar da fé! Coragem! Nosso amor e gratidão ao Sagrado e Sangrado Coração de Jesus! Parabéns ao A.O. desta Paróquia! Gratidão pela perseverança! Rumo ao centenário! Viva o Sagrado Coração de Jesus”!

Ao final da celebração, Dom Luiz Antonio recebeu várias homenagens:  primeiramente dos membros do A.O., representados pela Vice-coordenadora que a ele se dirigiu com palavras de agradecimento e oferta de uma pequena lembrança. A seguir, a homenagem partiu do Pe. João Tadeu por meio de palavras focadas no termo gratidão, referindo-se a tudo o que Sua Eminência tem feito na e pela Diocese em tão pouco tempo. Por fim, Pe. Gilmar expressou sua imensa alegria pela presença do Senhor Bispo na Paróquia de Itaocara, afirmando que “gratidão é mais que uma palavra, que um sentimento, mas, sobretudo, uma expressão que equivale à apresentação de uma carta de amor”.

Antes da bênção aos fiéis, Dom Luiz Antonio procedeu aos agradecimentos finais, convidando os presentes ao cântico de “Parabéns a você” para os membros do A.O. com 90 anos de idade ou mais, ao fim do qual elevou sua voz, exclamando: “Viva o Sagrado Coração de Jesus! Viva o Apostolado da Oração. da Paróquia de Itaocara”! Agradeceu a faixa de boas-vindas exposta no interior da Igreja Matriz, mencionando, ainda, a pequena revista histórico-informativa sobre os 90 anos do A.O. em Itaocara, distribuída entre todos os presentes. Pediu que se fizesse um minuto de silêncio por todos aqueles que foram anjos na nossa vida. Por fim, em agradecimento por tudo aquilo que temos de bom na vida, todas as maravilhas, rezou com a comunidade a oração da Ave-Maria. E todos entoaram o Hino ao A.O. da Paróquia São José de Leonissa.

 

Um pouco da história

Fundado em 3 de outubro de 1930 pelo Pe. Antônio Martins de Souza, o A.O. da Paróquia São José de Leonissa segue atuante e fecundo em seus propósitos de evangelização, de acolhimento da Palavra, de veneração ao Sagrado Coração de Jesus, de oração por todos e dedicação ao trabalho, com o objetivo de fortalecer cada vez mais a fé cristã.

Durante os 90 anos de sua existência e trabalho com e pela comunidade, pôde contar com o apoio incondicional de todos os Párocos que passaram pela Paróquia, hoje sob a orientação de Pe. Gilmar Rodrigues Gomes. Nas palavras da atual Coordenadora, Regina Cosendey, “o nosso Apostolado da Oração, de forma agradecida, incessante e confiante, roga ao Sacratíssimo Coração de Jesus que derrame infinitas bênçãos sobre cada um deles, suas respectivas caminhadas e ministérios sacerdotais”.

Texto:Pascom da Paróquia São José de Leonissa (Itaocara)
Foto:Pascom da Paróquia São José de Leonissa (Itaocara)

 


Compartilhe