NORTE: Com transmissão ao vivo, comunidades celebram Dia de Santa Rita de Cássia

Diocese de Nova Friburgo, 25 de maio de 2020
Acessos: 82


Para os católicos, o dia 22 de maio, marca a celebração de uma grande santa, a ‘Advogada das causas impossíveis”, Santa Rita de Cássia. Em tempos de isolamento social e pandemia, as celebrações à Santa Rita aconteceram com a mesma piedade e devoção, mas em um ambiente diferente, virtual: as redes sociais. No Vicariato Norte as celebrações aconteceram no município de Cantagalo, na Paróquia Santa Rita de Cássia, em Floresta, na Paróquia Santa Rita do Rio Negro e no Santuário Diocesano do Santíssimo Sacramento. Confira.


Paróquia Santa Rita do Rio Negro - Euclidelândia

Em tempos de pandemia e mantendo o isolamento social, a Paróquia de Santa Rita do Rio Negro, em Euclidelândia, fez a transmissão da Celebração Eucarística em honra à padroeira pelas redes sociais. Iniciada às 17 horas, a celebração foi presidida pelo Pároco, Pe. José Maria Cavalcante, e concelebrada pelos Padres Antônio Carlos dos Santos e Yves Barcellos Mozer, contando ainda com participação do Diácono Transitório, Rodolfo Leite.

Em sua homilia, o Pe. José Maria enfatizou a importância da santidade, recordando que somos obrigados a trilhar esse caminho e só conseguiremos amando uns aos outros, tal como Deus nos ensinou e nos amou. O sacerdote também acrescentou que quem desistiu do amor, desistiu de Deus; quem se cansou do amor, cansou-se de Deus e a Sua experiência é uma experiência fanática, frustrada e sem frutos. Na oportunidade recordou que o fruto da nossa relação com Deus é o amor para com os irmãos, um amor verdadeiro e autêntico.

Antes de concluir, Pe. José Maria enfatizou que se há pessoas falando de Deus, mas não estão amando, só estão fazendo barulho. Como vivemos num mundo muito barulhento, muito confuso, estamos nos deixando confundir por tantas sentimentos enganosos e de ilusão. Não há outro caminho para a salvação a não ser que amemos uns aos outros, porque só assim chegaremos a Deus, porque Ele é puramente amor.

Por fim, fez um paralelo com a vida de Santa Rita que viveu em função do amor, da vida reta, assumiu as nossas dores, os nossos sofrimentos, exemplo de amor, de mansidão e fé.


Santuário Diocesano do Santíssimo Sacramento – Cantagalo

Na última sexta, 22 de maio, a Igreja comemorou o dia de Santa Rita de Cássia, conhecida como “advogada das causas impossíveis” e padroeira de duas das nossas paróquias (uma em Santa Rita da Floresta e a outra em Euclidelândia), através da transmissão às redes sociais. No Santuário, a celebração teve início às 10h e fora presidida pelo seu Pároco e Reitor, Pe. Higor Moraes de Jesus.

Em sua homilia, o celebrante nos contou a história de vida e santidade de Santa Rita, dizendo-nos o quanto ela sofreu em sua vida terrena e como ela, mesmo em meio a todo o sofrimento, sempre soube encontrar em Jesus a sua alegria e a sua paz. Por fim, Pe. Higor, convidou os fiéis a seguir o exemplo desta grande santa e a colocar a nossa vida nas mãos de Jesus, para que certos de que nesta vida haveremos de sofrer, encontramos em Jesus o nosso refúgio e esperança.

Ao final da Santa Missa, o Padre se despediu dando a benção e agradecendo aos fiéis que nos acompanharam e participaram por meio de nossas redes sociais.


Paróquia Santa Rita de Cássia – Floresta

O dia 22 de maio foi marcado na Paróquia Santa Rita de Cássia, em Floresta, por intensa demonstração de fé e devoção.

O reboar dos sinos, unido ao som dos fogos de artifício e ao carro de som percorrendo as ruas da localidade anunciavam, ao alvorecer, ser este um dia especial, inteiro dedicado ao louvor à Santa Rita de Cássia, sua tão amada padroeira.

Por todo o dia os fiéis tiveram acesso à imagem de Santa Rita, depositada na área externa da Igreja, para suas orações e homenagens. Por orientação da Secretaria Municipal de Saúde, por causa da pandemia da Covid-19, a Igreja se manteve fechada, mas sem impedimento aos fiéis devotos de exercerem seu ato de fé e devoção a Santa Rita.

A missa solene em louvor à padroeira, presidida pelo Pe. Pablo Guimarães, seu Administrador Paroquial, foi transmitida ao vivo às 18h através das redes sociais da paróquia. Os paroquianos, unidos a tantos outros devotos, já acompanharam toda a preparação para este dia através da transmissão da Novena de Santa Rita e do Tríduo em seu louvor, que contou também com a participação do Pe. Gilmar Rodrigues e do Pe. Arnaldo Carvalho, que já exerceram seu ministério sacerdotal nesta Paróquia.

Terminada a Santa Missa, as imagens de Santa Rita de Cássia e Nossa Senhora de Fátima, como é tradição na localidade, percorreram as ruas da cidade, em carro aberto, levando consigo a bênção de Deus pelas mãos do Pe. Pablo aos devotos, que aguardavam à frente de suas casas, com seu altar montado, em mais uma homenagem a Santa Rita e a Nossa Senhora. Ao som de tão belas músicas católicas, misturava-se o som forte das batidas do coração dos fiéis que se emocionavam e dirigiam suas súplicas à intercessão de Santa Rita.

As rosas, tradicionalmente distribuídas neste dia, este ano, por mais uma recomendação da Secretaria Municipal de Saúde, formaram o jardim aos pés de Santa Rita em seu andor e na ornamentação da Igreja, ficando para outro momento sua distribuição.

Unidos estavam os fiéis devotos de Santa Rita neste dia a ela dedicado, não só em Floresta, mas por tantas outras paróquias, através das redes sociais, superando todas as dificuldades trazidas por este tempo de pandemia, numa demonstração de verdadeira fé e devoção. Viva Santa Rita de Cássia!

Texto:Grasiele Guimarães, Letícia Ecard e Pascom da Paróquia Santa Rita do Rio Negro
Foto:Matheus Ladeira e Pascom da Paróquia Santa Rita do Rio Negro

 


Compartilhe