facebook  webmail-2  IOS NOVO  AND NOVO  anuario-icone 

sede-ano-do-laicato-paroquias-vivenciam-semana-da-familia'O Evangelho da Família, alegria para o mundo'. Esse foi o tema escolhido para a reflexão da...
sede-unidade-diocesana-e-ano-do-laicato-sao-temas-de-reuniao-vicarial-da-pascomCom o objetivo de traçar os últimos detalhes no que se refere à comunicação da XLI Unidade...
sede-paroquia-nossa-senhora-das-gracas-realiza-mais-um-arraia-de-gracasO sábado (11/8), foi de festa na Paróquia Nossa Senhora das Graças, em Olaria. A comunidade se...
semana-nacional-da-familia-na-diocese-de-nova-friburgoEntre 12 e 18 de agosto, a Igreja Católica celebra a Semana Nacional da Família, evento...
governo-itinerante-50-fieis-sao-confirmados-pelo-bispo-em-macaeEm prosseguimento aos compromissos do Governo Itinerante no Vicariato Litoral, o Bispo...

LITORAL: ANO DO LAICATO - Forania de Macaé realiza formações para leigos

No Ano do Laicato, a Igreja Católica no Brasil não tem medido esforços para que todo batizado e batizada seja “sal da terra e luz do mundo”. Neste sentido, a Sede do Vicariato Litoral, a Matriz Paroquial Nossa Senhora de Fátima, em Macaé, recebeu nas noites de segunda e terça-feira, 6/8 e 7/8, as formações: “O protagonismo do leigo na Igreja”. Os eventos foram realizados no auditório São João Paulo II e reuniram, aproximadamente, 90 pessoas. Conduzidos por Kater Filho, escritor, pregador e consultor de marketing católico, os encontros tiveram como objetivo formar e capacitar cristãos leigos e leigas para a ação pastoral, comprometidos com a atuação evangelizadora e a fé.

site litoral 2018 anodolaicato foraniademacaerealizaformacaoparaleigos 01

Primeiro Encontro

Na segunda-feira, Kater dividiu a reflexão em dois momentos: primeiro falou sobre o Documento 105 da CNBB (Cristãos leigos e leigas na Igreja e na Sociedade) e, em seguida, da exortação apostólica “Gaudete et exsultate” (Alegrai-vos e Exultai), publicada em abril deste ano pelo Papa Francisco.

– Desde que foi instituído o Ano do Laicato, estou sendo solicitado por bispos e padres a falar sobre o assunto. Sobre o Documento 105 da CNBB, após algumas leituras, descobri que existem 12 pontos que eles chamam de ações pastorais. Ou seja, a síntese de tudo que eles esperam da Igreja e dos leigos. Além disso, trago alguns pontos importantes da exortação apostólica, onde o Papa Francisco fala sobre a santidade no mundo atual, pois a nossa vocação é somente uma: sermos santos – afirmou Kater.

Segundo Encontro

Já na terça-feira, a atividade foi voltada para os leigos que atuam diretamente na Pastoral do Dízimo. De forma dinâmica, o palestrante, além de conceituar o termo "dízimo", deu a conhecer a maioria das passagens da Sagrada Escritura que falam sobre a temática. "Dízimo é um ato de gratidão a Deus."

site litoral 2018 anodolaicato foraniademacaerealizaformacaoparaleigos 03

Na questão da implantação nas Paróquias, Kater foi categórico: "Para implantar, é preciso conscientizar. O dízimo é um desafio". Além disso, distinguiu a entrega do dízimo da oferta dada na Santa Missa ou outras contribuições com instituições e associações de cunho católico.

- O dízimo é devolvido na Paróquia, onde se busca os sacramentos, onde seu coração se reabastece da graça de Deus. A manutenção do templo e outras necessidades são mantidas com a fidelidade dos dizimistas. Um dízimo fiel impede que sejam feitas iniciativas, tais como cantinas e ações entre amigos, que, embora válidas, servem para outras finalidades, diferentes da complementação do dízimo.

Palavra do Clero

Vigário da Forania II do Vicariato Litoral e Pároco da Paróquia Santo Antônio, Pe. Gleison, Lima disse que desde novembro de 2017, quando foi instituído o Ano do Laicato, a Igreja vem desenvolvendo diversas atividades para criar a consciência do papel do leigo.

– A Igreja não tem medido esforços para formar o povo de Deus sobre esta grande realidade. Desde o início do ano, uma vez ao mês, estamos oferecendo formações com o Carlos Magliano, o Carlão, diretor do IFAP (Instituto de Agentes de Pastoral Santo Agostinho). Cada um tem um caminho a seguir e ninguém substitui o outro. Cada um com uma missão, com um trabalho a desempenhar. Que vocês possam ser realmente protagonistas, aprofundando a sua identidade, vocação, espiritualidade e missão – concluiu.

Texto: Tiago Ferreira - Pascom Santo Antônio
Fotos: Patrycia Vieira - Pascom Santo Antônio
Colaboração: Pascom do Vicariato Litoral
link hotsite3

PARÓQUIAS DA DIOCESE

 

Pensamento da Semana

 O que nos dá alegria e nos aproxima de Deus devemos buscar para os irmãos.

Dom Edney Gouvêa Mattoso