facebook  webmail-2  IOS NOVO  AND NOVO  anuario-icone 

 

Newsletter

Inscreva-se aqui para receber as novidades da Diocese de Nova Friburgo.
bispo-abre-curso-de-formacao-de-liturgia-do-regional-leste-iNa manhã de 10/11, o Bispo Diocesano, Dom Edney Gouvêa Mattoso, também Animador da Pastoral...
diocese-participa-de-seminario-sobre-o-acordo-brasil-santa-seEntre os dias 12 e 14 de novembro, a Diocese de Nova Friburgo esteve presente no Seminário...
sede-com-sete-dias-de-oracao-catedral-realiza-cerco-de-jerico-2018A Igreja Mãe da Diocese de Nova Friburgo: a Catedral São João Batista, realizou entre os dias...
litoral-ano-do-laicato-pastoral-da-crianca-promove-lazer-com-25-assistidos-em-macaeEm continuidade às comemorações do mês da criança, ocorrido em outubro, o dia 7/11 foi o...
sede-catequese-do-vicariato-sede-realiza-ultimo-encontro-de-formacao-de-2018Em 4 de novembro, a Pastoral da Catequese Vicariato Sede reuniu os catequistas em seu último...

SEDE: Pe. Roger Luis preside Missa na novena de São João Batista

Na Catedral Diocesana, a preparação para a grande festa de São João Batista corre a pleno vapor. Convidado pelo Pároco e Vigário Geral da Diocese, Pe. Marcus Vinicius Macedo, no 5º dia dessa preparação, 19 de junho, às 19h, Pe. Roger (Canção Nova), presidiu a Santa Missa e conduziu a Adoração ao Santíssimo Sacramento logo depois.

site sede 2018 padrerogernacatedral 1

Em uma igreja lotada de fiéis, já no canto de entrada, a música “Chuva de graça” anunciava o que, de fato, Deus desejava fazer ao longo daquela noite: derramar inúmeras bênçãos sobre o Seu povo. O Evangelho do dia foi a tônica de toda a espiritualidade apresentada pelo sacerdote convidado. Na Palavra, o pedido de Jesus era direto: “Amai os vossos inimigos e rezai por aqueles que vos perseguem”. Provocando o coração de cada um ali presente, em sua homilia Pe. Roger indagou: “Eu não sei como você se sente ao escutar uma palavra dessa. Responsabilizado? Talvez você diga que amar os inimigos seja algo muito difícil de viver. Será que Jesus não está exigindo demais de nós? Um dos grandes presentes que a teologia do Concílio Vaticano II deu para a Igreja foi a realidade de proclamar a vocação universal para a santidade, ao ponto de, num de seus documentos, ousadamente a Igreja dizer que todo cristão é obrigado à santidade”.

E continuou.

- Jesus te chama a ser santo, a ser perfeito. Estamos aqui contemplando, meditando, olhando para a história de um homem que está nos altares, que foi o precursor, que alimentou em seu coração a fé na vinda do Messias; assumiu seu chamado de ser o amigo do noivo. Antigamente, em algumas culturas, especialmente na Mesopotâmia, a noiva só conhecia o noivo no dia do casamento, e a função do amigo do noivo era ir até a noiva e falar para ela sobre a beleza do noivo – o quanto ele era cheiroso, a cor dos olhos, o tom da voz, o que ele gostava, o que não gostava, enfim, fazer a noiva se apaixonar pelo noivo antes mesmo de vê-lo pela primeira vez.

site sede 2018 padrerogernacatedral 2

Assim, o sacerdote passava a clara mensagem de que a missão do profeta era a de preparar a vinda do Messias, de fazer aquele povo se apaixonar pelo Filho de Deus. Antes de entrar no exemplo da senhorinha que conheceu na Canção Nova, citou o grande Tomás de Aquino, lembrando que para o Doutor da Igreja a caridade nada mais era que a amizade com Deus, que o segredo da santidade era esse: perceber o amor de Deus por cada um de nós. Ou seja, caridade é amizade com Deus. “Eu me descubro amado. E ao ser amado sou capaz de me amar”, afirmou.

Preparado o terreno, tendo já citado o exemplo de vida de São João Batista e a Suma teológica de Santo Tomás, Pe. Roger partilhou talvez o maior exemplo de amor ao próximo que já presenciara. Contou ele que antes de entrar para a Comunidade, toda quinta-feira via pela TV Canção Nova uma senhorinha corcunda, muito bonita, que sempre estava presente na Adoração ao Santíssimo. Ela acompanhava Jesus, mesmo quando Ele era posto novamente na capela.

site sede 2018 padrerogernacatedral 3

Ao ingressar na Comunidade, Pe. Roger foi ao seu encontro e descobriu que seu filho havia sido assassinado. Ela era de Lorena, uma das cidades mais violentas do Estado de São Paulo. Passado um tempo após o sepultamento, ela fora visitar o assassino na cadeia para perdoá-lo. O rapaz não tinha ninguém. E foi ela, durante todo o momento em que esteve viva, que levou para ele artigos de higiene pessoal e roupas. “Ao conhecer sua história, entendi que ela era verdadeiramente uma seguidora de Cristo. Ela não só aparentava que seguia Jesus atrás do ostensório, ela era verdadeiramente uma discípula. Ela entendeu o pedido ‘amai os vossos inimigos’”, afirmou o sacerdote.

Ao terminar sua colocação, um espaço para uma última provocação: “você pode imaginar o que o gesto da senhora significou para aquele rapaz? Pode imaginar o que é testemunhar verdadeiramente para o mundo o que é ser cristão? Você acha que com esses testemunhos o mundo não mudaria? As pessoas não encontrariam o Senhor? Eu quero ser profeta nesse mundo como João Batista foi. Que minha vida grite para esse mundo! O Papa Paulo VI dizia: ‘fogo no coração, palavra nos lábios e profecia no olhar’. É disso que o mundo precisa”.

site sede 2018 padrerogernacatedral 4

Diante de um Deus que se compraz no derramamento de bênçãos aos que O procuram verdadeiramente, Pe. Roger fez questão de ler alguns testemunhos ao final da celebração. Em um deles, uma moça dizia não ter seguido a orientação do médico que havia sugerido um aborto ao descobrir que a criança no ventre nasceria com síndrome de down. Apresentando a criança, toda a assembleia vibrou com uma intensa salva de palmas.

Não seria exagero dizer que a noite fora intensa para muitos ali presentes. Francisco Marques, que estava na assembleia, afirmou: “Acredito que as pessoas saíram daqui com uma resposta no coração, assim como eu estou saindo hoje. À medida que as coisas foram acontecendo durante a celebração, Deus foi falando muito ao meu coração - a respeito do perdão, do amor àqueles que nos perseguem. Deu pra sentir de verdade o Espirito Santo usando o padre”.

Ao final da adoração, Pe. Roger não titubeou ao afirmar: “Você vai se surpreender com o que Deus fará em sua vida”. Uma profecia para terminar a noite da chuva de graças e da senhorinha que provou ser possível viver na radicalidade o mandamento de Cristo.

Texto e fotos: Diogo Quadra

link hotsite3

PARÓQUIAS DA DIOCESE

 

Pensamento da Semana

 O que nos dá alegria e nos aproxima de Deus devemos buscar para os irmãos.

Dom Edney Gouvêa Mattoso