facebook  webmail-2  IOS NOVO  AND NOVO  anuario-icone

  • 01
  • 2
  • 03
  • 04
retiros-de-carnaval-2020Tradicionalmente, durante o período de Carnaval, as comunidades realizam os seus retiros,...
norte-com-alegria-comunidade-de-cordeiro-recebe-dom-pauloNo dia 12 de fevereiro, a sede do Vicariato Norte com muita alegria recebeu a visita do atual...
ifap-realiza-aula-inaugural-2020-e-encontros-nas-paroquiasIniciando suas atividades de 2020, o Instituto de Agentes de Pastoral Santo Agostinho (IFAP)...
dom-paulo-participa-de-reuniao-e-convivencia-com-o-clero-nos-vicariatosEm seus primeiros dias à frente da Diocese de Nova Friburgo, o Administrador Apostólico, Dom...
equipistas-de-nova-friburgo-participam-do-1-eacre-da-regiao-rio-viNos dias 15 e 16 de fevereiro, o Movimento Equipes de Nossa Senhora realizou o 1º Encontro...

Bispo preside Domingo de Ramos e abre oficialmente Semana Santa

“Hosana Hey. Hosana Há. Hosana Hey. Hosana Hey. Hosana Há”. Esse cântico foi entoado por milhares de fiéis católicos no Domingo de Ramos (25/03), Solenidade que abre oficialmente a vivência da Semana das Semanas: a Celebração da Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo. Na Catedral São João Batista, em Nova Friburgo, os paroquianos e visitantes participaram da cerimônia presidida pelo Bispo, Dom Edney Gouvêa Mattoso.

site diocese 2018 domingoderamosnacatedral 18

O coreto da Praça Getúlio Vargas recebeu a primeira parte da Santa Missa, local em que o Bispo abençoou os ramos e realizou o rito inicial. Após a Proclamação do Evangelho segundo São João, Dom Edney dirigiu breves palavras ao Povo de Deus presente, recordando que a Semana Santa deveria ser vivenciada com piedade.

- Estamos iniciando aquela que é a grande semana da nossa fé. O que nos reúne, o que nos faz celebrar, voltar o nosso olhar, o nosso coração e a nossa mente para Jesus na Sua Paixão, Morte e Ressureição, que se atualiza em cada tempo em inúmeras situações e circunstâncias, o que nos faz estar aqui é a nossa fé – e complementou referindo-se a procissão até a Catedral – Por isso, vamos fazer essa caminhada até a Catedral em estado bastante meditativo, procurando refletir a nossa própria caminhada no mundo. Vamos fazer não só a procissão, mas esta Semana neste clima reflexivo, meditativo.

site diocese 2018 domingoderamosnacatedral 8

Logo após, uma grande procissão se formou em direção a Igreja Mãe da Diocese, momento em que os fiéis, com seus ramos nas mãos, louvaram ao Senhor. Já no templo, aconteceu a continuação do rito deste dia. Depois da narração da Paixão do Senhor segundo São Marcos, Dom Edney fez sua homilia. Recordando a primeira leitura, disse.

- Costumo dizer que amamos a verdade, mas não gostamos dos verdadeiros. Pois, aquele que diz a verdade muitas vezes me lembra o que eu deveria fazer ou ser, e não faço e não sou. O lamento de Isaias na primeira leitura, nós o encontramos de uma forma muito dolorida em Nosso Senhor Jesus Cristo. Ele é o justo, o verdadeiro, Aquele que passou pelo mundo fazendo o bem, e, no entanto, desde o início de sua vida pública não faltaram aqueles que ficavam a espreita para ver o momento adequado para entrega-Lo. E por quê? Porque Jesus mexia em algumas pilastras que eram constitutivas de todo um modo de viver, de conceber a sociedade.

site diocese 2018 domingoderamosnacatedral 17

O Epíscopo recordou em sua pregação diversos pontos da narrativa da Paixão e seus personagens. Frisando o momento em que uma mulher com um vaso de alabastro cheio de perfume de nardo quebrou o vaso e derramou o perfume na cabeça de Jesus e a reação dos que estavam à volta, o Bispo disse.

- O sentido espiritual que Cristo dá a essa ação da mulher: “ela ungiu o meu corpo para a sepultura”, ali Ele já tinha bem claro que a Sua opção, que a Sua Vida, O levaria fatalmente a um desfecho trágico, porém, assumido com amor. Isso não isenta Nosso Senhor dos temores interiores que certamente sentiu em Sua humanidade. Por muitas ocasiões vemos o Coração do Senhor estremecer de pavor diante de tudo o que Ele já antevia que fosse acontecer. Mas, tenho certeza que entre esses temores o que mais causou horror a Jesus foi que do meio deles, de um dos doze, sairia o golpe mortal. Isso foi o que mais O fez sofrer, tenho certeza – disse o Epíscopo.

As Fakes News, tema da Mensagem do Papa Francisco para o Dia Mundial das Comunicações Sociais deste ano, também foram abordadas na homilia. “Fake News não é nem uma verdade, nem uma mentira, é uma meia verdade”. E complementou. “Uma vez um Bispo me disse uma coisa muito certa: pior que do que uma mentira é uma meia verdade. A meia verdade confunde, divide. A mentira é fácil, você desmascara. E, a verdade, é inconfundível. Agora, a meia verdade, esta sim causa muito estrago!”.

site diocese 2018 domingoderamosnacatedral 32

“Antes de emitir um comentário, vamos procurar ter a certeza dos fatos”, exortou o Sucessor dos Apóstolos. “É muito triste a história do Fake News, que está gerando uma verdadeira onda de violência no mundo. Notícias equivocadas, notícias deslavadamente falsas, e as pessoas vão postando e multiplicando. Como pode isso, uma ferramenta maravilhosa da genialidade do ser humano ser usada para provocar guerras, divisões, separações e até mortes”.

Antes de concluir, fez um pedido.

- Que esta Semana Santa, meus irmãos, nos leve a uma reflexão muito séria, muito profunda, sobre, principalmente, a utilização que fazemos desses veículos de comunicação. O Papa Francisco vem dizendo repetidas vezes que a pedra mais violenta que se pode atirar contra alguém é a língua, que não pensa duas vezes quando se trata de condenar. Por isso, convido a todos há vivermos essa Semana Santa com esse espírito de cuidar para não jogar fora, não arrancar, ao mesmo tempo o joio e o trigo.

Ao final da cerimônia, o Vigário Geral da Diocese e Pároco da Catedral, Pe. Marcus Vinicius Macedo, desejou uma Feliz e Santa Páscoa ao Bispo e a comunidade paroquial. Concelebraram a Eucaristia, o Pe. Marcus Vinicius; o Reitor do Seminário Diocesano, Pe. José Ruy Corrêa Junior; e, o Vigário Paroquial da Catedral, Pe. Cláudio Menezes. Estiveram presentes o Mestre de Cerimônias da Diocese, Pe. Lourenço Ferronato, EP; e os Diáconos Transitórios Aurecir Junior, Luiz Antônio Fernandes e Pablo Guimarães.

Texto e fotos: Monara Teixeira

link hotsite3

PARÓQUIAS DA DIOCESE

 

Pensamento da Semana

 O que nos dá alegria e nos aproxima de Deus devemos buscar para os irmãos.

Dom Edney Gouvêa Mattoso