facebook  webmail-2  IOS NOVO  AND NOVO  anuario-icone

 

Newsletter

Inscreva-se aqui para receber as novidades da Diocese de Nova Friburgo.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
norte-paroquia-sao-jose-incia-o-seu-ano-jubilar-pelos-115-anos-de-fundacao-do-apostolado-da-oracaoNo domingo (12/01), os paroquianos, juntamente com os membros do Apostolado da Oração,...
qbatizar-desde-crianca-para-crescer-com-a-forca-do-espirito-santoq-diz-papa-franciscoA criança sai do Batismo com a força do Espírito Santo dentro de si: “o Espírito que a...
sede-paroquia-imaculada-conceicao-celebrara-para-jubileu-de-esmeraldaHá quarenta anos foi criada a Paróquia Imaculada Conceição, situada no Jardim Ouro Preto –...
sede-paroquia-sao-roque-realiza-pelo-terceiro-ano-projeto-pequenos-reis-magosPelo terceiro ano consecutivo, a Pastoral Catequética da Paróquia São Roque, situada em...
sede-cf-2020-comissao-organizadora-da-abertura-oficial-prossegue-no-planejamento-do-eventoPela segunda vez, a Comissão Organizadora da Abertura Oficial Campanha da Fraternidade...

“Feliz Natal”, deseja Bispo aos fiéis em Missas na Catedral

“E a Palavra se fez carne e habitou entre nós. E nós contemplamos a sua glória, glória que recebe do Pai como Filho unigênito, cheio de graça e de verdade” (Jo 1,14). A narrativa de João recorda o nascimento do Emanuel, do Conselheiro Admirável, do Filho Unigênito do Pai. E para celebrar esta chegada salvífica, a comunidade católica se reuniu na Véspera (24/12) e no dia de Natal (25/12). O Bispo Diocesano, Dom Edney Gouvêa Mattoso, presidiu as Santas Missas na Catedral Diocesana São João Batista, em Nova Friburgo. Confira o que aconteceu.

NATAL jesus

Véspera de Natal

“Como uma grande família, a família dos Filhos de Deus, nos reunimos em torno do altar para celebrar solenemente o Natal do Senhor”, afirmou o Epíscopo saudando os sacerdotes presentes Padres Marcus Vinicius Macedo e Cláudio Menezes, respectivamente o Vigário Geral da Diocese e Pároco e o Vigário Paroquial; o Mestre de Cerimônias da Diocese, Pe. Lourenço Ferronato, EP; seminaristas, religiosos (as) e fiéis.

Dom Edney começou sua pregação explicando que nesta ocasião deu a bênção com o Evangeliário aberto, uma vez que “hoje está no centro o ‘Verbo que se fez Carne e habitou entre nós’. A Palavra de Deus que se revela em Jesus Cristo, que dá a conhecer a face do Pai, nasceu na história da humanidade há mais de 2 mil anos, mas continua lançando suas luzes sobre as trevas da escuridão que ainda envolvem a Terra”.

NATAL bencao

- Jesus é de fato o Filho do Pai Eterno, a Segunda Pessoa da Santíssima Trindade, que no tempo se encarnou no seio da Virgem Maria e habitou entre nós. Esta Palavra que nasce na história humana de uma forma tão desconcertante, pois o Deus todo poderoso nasce na forma de uma criança frágil, já sob o signo da exclusão – frisou o Prelado recordando a passagem bíblica sobre a procura de um lugar para a chegada do Salvador ao mundo, que foi reclinado em uma manjedoura.

Ao longo de sua explanação, Dom Edney afirmou que mesmo nas dificuldades devemos dizer que temos um Feliz Natal, uma vez que Jesus assumiu nossa humanidade. E lembrou também como Isaias se referia a Cristo na primeira leitura: “Conselheiro admirável, Deus forte, Pai dos tempos futuros, Príncipe da paz”. “É uma verdadeira Epifania da Salvação que acontece no Natal do Senhor. Por isso, não há lugar para tristezas, para desespero. A esperança é a palavra que melhor define os sentimentos que uma pessoa te m quando, por exemplo, vê uma criança, um recém-nascido”.

A respeito do significado da Solenidade comentou.

- Fico espantado em ver como as pessoas hoje recebem esta notícia tão antiga e sempre nova do nascimento de Jesus, como se fosse algo de sempre ou como se nos reuníssemos apenas para celebrar a chegada de Jesus, o Seu aniversário. É muito mais do que isso! Se falamos ‘nasceu para nós o Salvador’ isso nos toca diretamente, pois Ele nasceu entre nós, filhos dos homens, para que com isso nos tornássemos Filhos de Deus!

Ao final, o Bispo e o Pe. Marcus desejaram a todos os presentes um Feliz e Santo Natal.

Missa do Dia de Natal

Na noite luminosa de 25 de dezembro, Natal do Senhor, centenas de fiéis se reuniram na Catedral para participar da Missa Natalina presidida por Dom Edney e concelebrada pelos Padres Marcus Vinicius, Cláudio e José Ruy Corrêa Júnior (Reitor do Seminário Diocesano).

NATAL leitura

“É Natal! O Senhor veio até nós em nossa humanidade e assim garantiu com seu nascimento a nossa salvação”, com essas palavras o Prelado iniciou a celebração. Em sua homilia, falou sobre o esfriamento da fé nos corações, destacando que nesta época são muitas as felicitações, porém nada muda e estas expressões se tornaram hábitos, ocultando sua profundidade. “Feliz Natal significa dizer: feliz acolhimento da luz que veio até nós. É o acolhimento do próprio Deus em Jesus Cristo”.

Refletindo sobre o Prólogo de São João, Evangelho proclamado neste dia, acentuou que tudo foi feito pela Palavra Criadora de Deus. Continuando falou a respeito da luz, apontando-a como sinônimo de sabedoria e conhecimento, e completou. “A palavra era a luz dos homens e a luz brilhou nas trevas, na escuridão da ignorância humana. Ele veio como testemunha para dar testemunho da luz. Mas o seu testemunho não foi aceito. A palavra se fez carne e habitou entre nós, o verbo se encarnou no seio da Virgem Maria e se fez um de nós”.

NATAL crucificado

O Prelado também destacou que o Messias, tão aguardado em poder e glória, de repente entra pelas portas dos fundos da humanidade como uma criança, sujeito às leis da natureza, nascendo já com a ficha da morte nas mãos. “Ele assumiu a nossa humanidade, mas também a nossa finitude, para nos levar para uma realidade que é muito superior: a experiência do eterno. E em Jesus Cristo fizemos a experiência do eterno no tempo”.

Concluindo a pregação, refletiu.

- Não falta nada da parte de Deus, só da nossa. Ele espera que possamos enfim deixar que essa luz entre em nosso coração, transforme-nos a partir de dentro, mostre onde estão os meandros escuros da nossa existência, para ali lançar estes raios de redenção e assim o nosso Natal diante do Pai ser feliz. Temos a vida inteira celebrando o Natal anualmente para entendermos isso: um Filho nos foi dado, a luz habitou nas trevas e quer habitar em nossos corações.

NATAL bispo

Antes da benção final, além dos agradecimentos e felicitações, aconteceu o sorteio da ‘Ação Entre Amigos’ em prol do Seminário Diocesano, para a aquisição de um Minibus. O prêmio, um Fiat Mobi, foi sorteado para Graziela Gripp, residente no bairro Catarcione, em Nova Friburgo.

Texto: Grasiele Guimarães e Monara Teixeira
Fotos: Jorge Ronald
link hotsite3

PARÓQUIAS DA DIOCESE

 

Pensamento da Semana

 O que nos dá alegria e nos aproxima de Deus devemos buscar para os irmãos.

Dom Edney Gouvêa Mattoso