facebook  webmail-2  IOS NOVO  AND NOVO  anuario-icone

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
bispos-e-seminaristas-do-regional-leste-1-participam-de-missaBispo, Formadores e Seminaristas do Regional Leste I da Conferência Nacional dos Bispos do...
norte-comunidades-celebram-nossa-senhora-aparecidaAs comunidades do Vicariato Norte da Diocese de Nova Friburgo celebraram com grande fervor a...
bispo-e-sacerdotes-ordenados-apos-2009-participam-de-encontroO Bispo Diocesano, Dom Edney Gouvêa Mattoso, e os sacerdotes ordenados após o ano de 2009...
sede-paroquia-santa-edwiges-celebra-a-padroeiraCelebrar os festejos em honra à padroeira. Este foi o motivo pelo qual a comunidade da...
bispo-preside-missa-de-um-ano-de-dedicacao-do-oratorio-dos-arautosO Oratório Nossa Senhora de Fátima, no Parque São Clemente – Nova Friburgo, completou um ano...

Bispo preside Solenidade de Natal e lança Anuário Diocesano, em Nova Friburgo

‘Natal da Misericórdia’, assim pode ser chamada Solenidade Natalina na Diocese de Nova Friburgo. O Mistério do Nascimento de Jesus foi vivenciado neste território diocesano seguindo o desejo do Papa Francisco para o Ano Santo: celebrar a Misericórdia de Cristo. Nas reflexões das Santas Missas da Véspera e do dia de Natal, o Bispo, Dom Edney Gouvêa Mattoso, levou aos fiéis mensagens com o foco misericordioso, refletindo sobre a importância de levarmos o Menino Deus aos nossos irmãos em tempo oportuno e inoportuno, sendo luzes da Sua Eterna Misericórdia.

natal cadedral3

As Celebrações Eucarísticas aconteceram na Catedral Diocesana de São João Batista, em Nova Friburgo, e contaram com grande participação dos fiéis. No dia 24 de dezembro, durante a cerimônia, Dom Edney colocou a imagem do Menino Jesus na manjedoura em frente ao altar e, ao final da Santa Missa, outra imagem foi entronizada no presépio.

Em sua homilia, o Prelado começou falando sobre o Mistério do Nascimento. “Estamos vivendo o Ano da Misericórdia. A mais perfeita expressão da Misericórdia de Deus foi o Mistério da Encarnação, o Mistério que estamos celebrando: o nascimento do Senhor entre nós.” O Bispo continuou abordando a primeira leitura do dia do livro do Profeta Isaias 9,1-6.

- O Papa Francisco disse na homilia do Natal deste ano que misericórdia não pode ser confundida com sentimentalismo. Misericórdia não tem nada de sentimentalismo, ela é antes uma expressão de compromisso, entrar na realidade do outro para, a partir dali, com ele e não fora desta realidade, ajudar o irmão a encontrar o caminho, a luz. Misericórdia e compromisso são palavras correlatas. A expressão da misericórdia é comprometer-se com o outro como Deus fez conosco, reforçou o Bispo.

Dom Edney falou sobre a Boa Nova. “A boa nova consiste em tomarmos consciência desta dignidade a que somos chamados em Jesus Cristo, o Verbo de Deus que se fez um de nós.” E continuou.

- O Papa Francisco insiste que este Ano da Misericórdia, e agora celebrando a Excelência da Misericórdia de Deus em Jesus Cristo, seja vivido como um ano de compromisso com o outro; compromisso do perdão, do caminhar juntos, de estabelecer pontes aonde existe muros. É preciso derrubar os muros e construir pontes. Cada um de nós sabe perfeitamente na própria vida quais são os muros que devem ser demolidos e quais são as pontes que precisam ser criadas.

“Uma palavra que é muito próxima da misericórdia é compaixão. É ter a capacidade de sentir a paixão do outro, entrar nesta realidade, muitas vezes triste e dolorosa, que o outro está vivendo.”

Dom Edney lembrou a importância da Solenidade. “O mais importante do Natal nós já temos, nos foi dado de graça: é Jesus. E Ele nos foi dado em um gesto de absoluta misericórdia da parte de Deus.” E complementou: “Portanto, vamos redescobrir o significado do Natal em nossa vida. Deus não quer que o Natal seja só uma festa, Ele quer que seja uma realidade”.

Concelebraram no dia 24 de dezembro o Vigário Geral e Pároco, Pe. Marcus Vinicius Macedo, o Vice-reitor do Seminário Diocesano, Pe. Gustavo Cinne, e o Vigário da Paróquia de Santo Antônio e São Francisco de Assis, Pe. Fernando Pacheco. Também estiveram presentes o Mestre de Cerimônias Diocesano e Responsável pelos Arautos do Evangelho, Pe. Lourenço Ferronato, e os Diáconos em preparação para o Sacerdócio, Fabrício Melo e Yves Mozer.

No dia 25 de dezembro, além da celebração do nascimento de Cristo, um presente foi dado à Diocese: o novo Anuário Diocesano. A publicação, que contém todos os dados históricos, estruturais, administrativos e econômicos desta Igreja Particular foi lançado oficialmente ao final da Santa Missa.

natal cadedral-catedral

“Meus queridos irmãos e irmãs, é Natal! Jesus nasceu precisamente para nos levar para Sua luz, tirar-nos das trevas da ignorância, de tantos sofrimentos e dificuldades, para as alegrias eternas,” com essas palavras Dom Edney começou a Santa Missa, que foi concelebrada pelo Vigário Geral e Pároco, Pe. Marcus Vinicius.

“Hoje, a Liturgia da Palavra nos coloca a centralidade do anúncio: acolher a Palavra de Deus é acolher ao próprio Deus”, disse o Bispo.

Recordando as leituras, Dom Edney falou sobre a falta de lugar para que Maria e José pudessem se instalar para o nascimento de Cristo.

- As portas não se abriram para a Luz, para esta Luz que vindo ao mundo ilumina todo o homem, como nos diz o Prólogo de São João. Aqui ele diz: “A Palavra estava no mundo — e o mundo foi feito por meio dela — mas o mundo não quis conhecê-la”. Essa é uma constatação que podemos fazer até os nossos dias, não nos iludamos: Jesus foi e continua sendo rejeitado por muitos, não por poucos. “Veio para o que era seu, e os seus não a acolheram”. E reforçou: “Mas, todos que a receberam, deu-lhes capacidade de se tornarem filhos de Deus”.

“No passado havia uma grande escuridão pairando sobre a Terra. Agora, a grande escuridão paira nos corações. Há muitos que rejeitam Jesus, talvez por não conhecê-Lo perfeitamente, ou por não saberem qual é o grande projeto de amor que Ele tem para cada um de nós, por isso O rejeitam.”

Dom Edney também falou que os cristãos devem ser sal da terra e luz do mundo, dando sabor na medida certa à vida dos irmãos e iluminando os seus caminhos. Recordou também o pedido do Papa Francisco por uma Igreja em saída, em estado permanente de missão.

Lançamento do Anuário Diocesano

Ao término da Missa, o Bispo falou sobre o Anuário Diocesano.

- Depois de um esforço enorme de toda a equipe da Pastoral da Comunicação, sob a coordenação do Jorge Ronald e dos jornalistas que estão nos Vicariatos, também da equipe de secretaria da Diocese, que durante alguns meses se debruçaram sob este trabalho que não foi pequeno e está de um altíssimo nível, disse Dom Edney, e fez a entrega oficial de um exemplar ao Pe. Marcus Vinicius.

natal cadedral6

A pedido do Bispo, o trabalho de montagem, elaboração e execução desta publicação foi feito pelo Gabinete Episcopal, sob a coordenação Vigário Geral, Pe. Marcus Vinicius Brito de Macedo. O projeto gráfico foi desenvolvido pelo Departamento de Comunicação. O Anuário será disponibilizado também na versão digital, sendo hospedado no Site Oficial da Diocese de Nova Friburgo. Ele será atualizado de acordo com as demandas e diretrizes diocesanas.

link hotsite3

PARÓQUIAS DA DIOCESE

 

Pensamento da Semana

 O que nos dá alegria e nos aproxima de Deus devemos buscar para os irmãos.

Dom Edney Gouvêa Mattoso