facebook  webmail-2  IOS NOVO  AND NOVO  anuario-icone  icone mariano branco3 

 

Newsletter

Inscreva-se aqui para receber as novidades da Diocese de Nova Friburgo.
bispo-preside-santa-missa-da-natividade-de-sao-joao-batista-na-catedral“Viva João Batista, viva o precursor! Porque João Batista, anunciava o Salvador!” Este refrão...
sede-corrida-e-caminhada-de-sao-joao-batista-e-sucesso-em-nova-friburgoFé e esporte. Eis uma combinação perfeita para quem deseja estar bem com a saúde de corpo e da...
norte-comunidade-corban-promove-segundo-encontro-vocacional-deste-anoNo dia 25 de junho a Comunidade Católica Corban promoveu o 2º Encontro Vocacional de 2017. A...
sede-nao-ha-nada-mais-misericordioso-do-que-o-coracao-de-jesus-afirma-bispoNo dia da Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, o Bispo Diocesano, Dom Edney Gouvêa Mattoso,...
clero-se-reune-em-cantagalo-para-dia-de-santificacaoO Clero da Diocese de Nova Friburgo se reuniu no dia 22 de junho para o Dia de Santificação....

"A nossa morada definitiva é o céu”, lembra Dom Edney na Missa de Finados

NOV finadosO Bispo Diocesano, Dom Edney Gouvêa Mattoso, presidiu na manhã desta segunda-feira (2) a Santa Missa na Capela Mortuária do Cemitério de São João Batista, em Nova Friburgo. A Eucaristia foi concelebrada pelo Vigário Geral, Pe. Marcus Vinicius Macedo, e pelo Vice-reitor do Seminário Diocesano, Pe. Gustavo Cinne. Ao longo do dia, diversas Capelas Mortuárias e Paróquias sediaram a Santa Missa pelo Dia de Finados.

Logo no início, Dom Edney falou sobre a saudade.

- O dia de hoje é marcado não pela tristeza, muito menos pelo desespero, é um dia marcado pela saudade. Saudade das pessoas que amamos e não que amávamos, como se essas pessoas já não existissem mais. O fato da nossa presença aqui é uma afirmação da nossa fé na imortalidade da vida. A vida não morre. Isso nos foi garantido pelo próprio Jesus Cristo.

E afirmou: “Saudade é outra forma de expressar o nosso amor.”

Na homilia, o Prelado recordou que também precisamos pensar sobre a nossa realidade. “Hoje é um dia para lembramos com saudade de todas as pessoas que nos são queridas. Mas, é também um dia para refletirmos sobre nós, sobre a nossa realidade última que não sabemos quando será.”

NOV finados g

“Se uma lição a morte nos traz é essa: somos todos peregrinos, caminhantes, nenhum de nós tem neste mundo morada definitiva. A nossa morada definitiva é o céu”, lembrou Dom Edney.

- Pensar na própria morte nos leva a refletir sobre a vida. Afinal, não vamos ficar aqui pela eternidade. Temos que descobrir o motivo da nossa existência neste mundo. E isso só descobrimos quando procuramos viver intensamente duas vocações. Deus dá a cada um de nós pelo menos duas vocações. A primeira é a universal a santidade. No dia do Batismo recebemos essa graça santificante que nos acompanha pela vida e quando a perdemos por causa do pecado podemos nos aproximar novamente da graça de Deus através do Sacramento da Reconciliação. A segunda vocação é aquela que Deus dá a todos nós para que cada um coloque este dom a serviço dos irmãos, refletiu o Bispo.

Posteriormente, Dom Edney continuou falando sobre as vocações e do amor que cada um deve ter ao exercer a sua missão. Ao final, o Bispo convidou aos presentes para, juntos, rezarem uma Ave Maria. Ao longo do dia foram celebradas outras três Missas na Capela Mortuária do Cemitério de São João Batista.

Texto e foto: Monara Teixeira

link hotsite3

PARÓQUIAS DA DIOCESE

 

Pensamento da Semana

 O que nos dá alegria e nos aproxima de Deus devemos buscar para os irmãos.

Dom Edney Gouvêa Mattoso