facebook  webmail-2  IOS NOVO  AND NOVO  anuario-icone

 

Newsletter

Inscreva-se aqui para receber as novidades da Diocese de Nova Friburgo.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4

A voz do pastor

16/07/2019, 14:12
em-cristo-somos-todos-irmaosCaros amigos, na semana passada refletimos sobre a importância de se romper com o pensamento...
09/07/2019, 13:18
sociedade-solidariaCaros amigos, somos impelidos pela mensagem cristã a nos reconhecermos como irmãos, herdeiros da...
02/07/2019, 13:49
sede-firmes-e-constantes-1-cor-1558Caros amigos, vivemos em uma sociedade extremamente seduzida pelo relativismo subjetivo, onde cresce a...
25/06/2019, 18:39
romper-com-o-ciclo-do-malCaros amigos, nosso olhar hoje se detém num problema constante e crescente que atualmente grande parte...
18/06/2019, 15:07
unidade-e-pazCaros amigos, no último domingo celebramos a Solenidade da Santíssima Trindade, dia em que a Igreja...

Luz que ilumina as trevas

A voz do pastorCaros amigos, a realidade que nos cerca, faz nascer em nossos corações o desejo de um mundo novo, transformado pela Verdade e pela justiça. Vivemos tempos conturbados, ávidos de caridade, ordem e respeito.

A violência crescente, o descaso com a educação e com a saúde ferem a dignidade de quem teve a vida conquistada pelo Sangue Redentor de Jesus. As situações que se apresentam destroem a esperança e nos fazem acreditar que nada se pode fazer para vencer as tantas injustiças.

Nesta semana em que celebramos a Ressurreição de Jesus, mistério central da fé cristã, Deus, em sua infinita bondade, nos faz compreender melhor as riquezas inesgotáveis do Batismo que nos purifica, do Espírito que nos renova e do sangue que nos redime (cf. Oração da Coleta 2º domingo da Páscoa).

Na verdade, Jesus Cristo, ao vencer a morte na cruz e concede-nos vida nova em sua Ressurreição, encoraja e fortalece a humanidade na luta contra a obra do mal. O silêncio do sepulcro vazio torna-se um brado de vitória que ecoa no coração de quem põe sua esperança no Senhor: o mal não triunfa para sempre! Deus está conosco!

O Papa Francisco dirigindo-se aos jovens, anima toda a Igreja lembrando que Deus nunca nos abandona. “O Ressuscitado, que te chama e espera por ti para recomeçar. Quando te sentires envelhecido pela tristeza, os rancores, os medos, as dúvidas ou os fracassos, Jesus estará a teu lado para te devolver a força e a esperança” (Chistus vivit, 2).

Por isso, não podemos nos cansar de fazer o bem! Enfim, dar nossa contribuição. No Batismo, Deus acende no homem a chama viva do seu Espírito e o torna participante de sua missão. Somos iluminados pela Ressurreição para iluminar os recantos deste mundo dominado pelas trevas da morte.

Vivendo no Ressuscitado e cheios do Seu Espírito Santo, os cristãos se tornam agentes transformadores do mundo, não somente na superfície aparente das coisas, mas no profundo das estruturas humanas e sociais. A vida nova conquistada por Jesus se faz sentir de hoje pelas obras, fruto da fé em um Deus que renova todas as coisas (cf. Tg 2,18; 2Cor 5,17).

Não há outro caminho para as necessárias transformações sociais de nosso país, senão o de sairmos ao encontro dos problemas mais urgentes de nossos irmãos. Precisamos superar as distâncias construídas entre nós e mostrar o rosto misericordioso de Deus, que nos foi dado em Jesus. De fato, a Igreja e a nação devem estar unidas com os melhores propósitos de independência, fraternidade e colaboração mútua.

Superemos todos os partidarismos que polarizam a família humana. Unamos nossas forças para romper com as estruturas cristalizadas que tanto ferem o bem comum e a dignidade humana. É preciso rejeitar o mal desde a sua origem, assumindo a responsabilidade de zelar pelo bem integral da pessoa e do ambiente em que vivemos.

Apesar das nefastas consequências do pecado, somos fortalecidos pela graça divina que habita em nossos corações, chamados a “quebrar os hábitos rotineiros, renovando a nossa vida, as nossas escolhas e a nossa existência” (Papa Francisco, 31 mar. 2018). Aproximando-nos de cada situação devemos transformá-las a partir de dentro.

Um olhar esvaziado de fé encontrará sempre o rastro sujo dos semeadores do ódio. Entretanto, com a graça de Deus, é possível iluminar com o resplendor da vida nova em Cristo inclusive os ambientes mais corrompidos. Não percamos a confiança no que há de bom em cada um de nós e em nossos irmãos! Basta um pouco de amor e dedicação para que a luz da ressurreição se espalhe por todo o mundo e faça germinar as sementes do bem que existem entre nós.

Dom Edney Gouvêa Mattoso, Bispo Diocesano de Nova Friburgo

link hotsite3

PARÓQUIAS DA DIOCESE

 

Pensamento da Semana

 O que nos dá alegria e nos aproxima de Deus devemos buscar para os irmãos.

Dom Edney Gouvêa Mattoso