Acessos: 146

SIM, um detalhe


Verdadeiramente, existe mais arte em cada detalhe artístico do que em toda tela já pronta. É fácil afirmar isso, porque, de fato, se a tela for apreciada com louvores, atribua todos os aplausos primeiro ao artista e, depois, aos detalhes. Os detalhes contam muito no processo concluído.

   Trago ao leitor uma chamada de atenção aos detalhes. Vivemos numa sociedade que nos subtrai a todo instante esse precioso dom de reparar detalhes. O tempo passa ligeiro, temos de entregar resultados, dar respostas e compreender no meio de tudo isso quem somos. Como que numa pausa restauradora aprecio um detalhe de palavra: o SIM.

Estamos no mês de agosto, cuja temática gira em torno da VOCAÇÃO. Interessante notarmos que todos nós temos uma contribuição e atribuição dentro de tal temática. Somos todos vocacionados. Apresenta-se, pois, Jesus Cristo como aquele que convida. É bem verdade que Sua voz mansa, às vezes, não se faz ouvir em meio aos diversos ruídos do mundo. No entanto, Ele continua a chamar e enviar. Deus não desiste de nós!

O primeiro chamado nós sabemos que é à Santidade. Eis, pois, a chave para entrarmos no festim eterno preparado para nós desde toda a eternidade: a Santidade. Até o Céu, a proposta do Senhor da Messe é que sejamos felizes, livres e realizados. A condição para tal é uma: tomar a nossa cruz de cada dia, colocar-nos a caminho atrás do Caminho e segui-Lo.

Toda vocação passa pela experiência de cruz. É importante ser mais que um vocacionado realizado, livre e feliz. Jesus também quer que sejamos amigos da cruz. Aí está: a cruz é o símbolo que qualifica e santifica todos os que apresentaram a Deus o seu SIM. O SIM é o detalhe mais importante de toda uma história de doação por causa de Deus.

Deixo-vos cinco palavras, desejando, assim, uma rica entrega. Não tenhais medo de ofertar o detalhe do seu sim a Deus e, por Ele, com Ele e Nele construir uma linda tela. As palavras são estas: docilidade, pureza, obediência, fidelidade e generosidade. O dócil escuta o chamado, vive procurando ser puro, obedece ao Espírito Santo, permanece fiel e doa a sua vida como Maria, com o detalhe do SIM.


Nova Friburgo-RJ, 26 de agosto de 2020


Pe. Jandir Pereira Corrêa
Reitor do Seminário Diocesano Imaculada Conceição


Compartilhe